A arte de viver é simplesmente a arte de conviver... simplesmente, disse eu? Mas como é difícil!
Navigation

Dia da Terra e Descobrimento do Brasil

Hoje é o dia da Terra e de nossa terra (Entre outras mil és tu Brasil)!
Resultado de imagem para terra brasil
   O primeiro Dia da Terra foi comemorado na Quinta Avenida, em Nova York, em 20 de abril de 1970.
  Desde sua cria√ß√£o, o objetivo do evento √© gerar um movimento mundial para promover o ativismo ambiental e celebrar a beleza do nosso planeta.
O Descobrimento do Brasil deve ser entendido dentro do contexto das Grandes Navega√ß√Ķes e Descobrimentos Mar√≠timos (s√©culos XV e XVI). Portugal e Espanha eram as na√ß√Ķes mais poderosas do mundo e se lan√ßaram ao mar em busca de novas terras para explorar.

Dia da Terra
Em 22 de abril de 1970, o senador americano Gaylord Nelson, ativista ambiental, organizou uma manifesta√ß√£o que reivindicava a cria√ß√£o de uma agenda ambiental. Desta manifesta√ß√£o participaram duas mil universidades, dez mil escolas prim√°rias e secund√°rias e centenas de comunidades. A partir da press√£o social o governo dos Estados Unidos criou a Ag√™ncia de Prote√ß√£o Ambiental (Environmental Protection Agency) e uma s√©rie de leis destinadas √† prote√ß√£o do meio ambiente. Desde ent√£o a data √© comemorada e reservada para discuss√Ķes sobre a preserva√ß√£o do nosso planeta.
     Mas muito antes disso, a Terra vem sofrendo as consequ√™ncias da falta de cuidado e explora√ß√£o desmedida. Em 1850, o chefe ind√≠gena Seattle  escreveu uma carta ao presidente dos EUA, quando o governo norte-americano prop√īs comprar as terras de seu povo. Este documento tem sido considerado um dos mais belos pronunciamentos j√° feitos em respeito √† defesa do meio ambiente. Abaixo alguns trechos:
“Como √© que se pode comprar ou vender o c√©u, o calor da Terra? Essa id√©ia nos parece estranha. Se n√£o n√£o possu√≠mos o frescor do ar e o brilho da √°gua, como √© poss√≠vel compr√°-los?Cada peda√ßo desta terra √© sagrado para meu povo. Cada ramo brilhante de um pinheiro, cada punhado de areia das praias, a penumbra na floresta densa, cada clareira e inseto a zumbir s√£o sagrados na mem√≥ria e experi√™ncia de meu povo. A seiva que percorre o corpo das √°rvores carrega consigo as lembran√ßas do homem vermelho.
(…) O ar √© precioso para o homem vermelho, pois todas as coisas compartilham o mesmo sopro – o animal, a √°rvore, o homem, todos compartilham o mesmo sopro.
(…)Voc√™s devem ensinar as suas crian√ßas que o solo a seus p√©s √© a cinza de nossos av√≥s. Para que respeitem a terra, digam a seus filhos que ela foi enriquecida com as vidas de nosso povo.Ensinem as suas crian√ßas o que ensinamos √†s nossas: que a terra √© nossa m√£e. Tudo o que acontecer √† terra, acontecer√° aos filhos da Terra. Se os homens cospem no solo, est√£o cuspindo em si mesmos. Isto sabemos: a Terra n√£o pertence ao homem; o homem pertence √† Terra. Isto sabemos: todas as coisas est√£o ligadas como o sangue que une uma fam√≠lia. H√° uma liga√ß√£o em tudo. O que ocorrer com a Terra recair√° sobre os filhos da Terra. O homem n√£o tramou o tecido da vida; ele √© simplesmente um de seus fios. Tudo o que fizer ao tecido, far√° a si mesmo.”
Descobrimento do Brasil
A chegada dos portugueses ao Brasil 
O Descobrimento do Brasil ocorreu no dia 22 de abril de 1500. Nesta data as caravelas da esquadra portuguesa, comandada por Pedro   √Ālvares Cabral, chegou ao litoral sul do atual estado da Bahia. Era um local que havia um monte, que foi batizado de Monte Pascoal.
No dia 24 de abril, dois dias após a chegada, ocorreu o primeiro contato entre os indígenas brasileiros que habitavam a região e os portugueses. De acordo com os relatos da Carta de Pero Vaz de Caminha foi um encontro pacífico e de estranhamento, em função da grande diferença cultural entre estes dois povos.
Primeiros contatos com os ind√≠genas 
Cabral recebeu alguns √≠ndios em sua caravela. Logo de cara, os √≠ndios apontaram para objetos de prata e ouro. Este fato fez com que os portugueses pesassem que houvesse estes metais preciosos no Brasil. Neste contato os portugueses ofereceram √°gua aos √≠ndios que tomaram e cuspiram, pois era √°gua velha com gosto muito diferente da √°gua pura e fresca que os √≠ndios tomaram. Os √≠ndios tamb√©m n√£o quiseram vinho e comida oferecidos pelos portugueses. 
Neste contato, que foi um verdadeiro “choque de culturas”, houve estranhamento de ambos os lados. Os portugueses estranharam muito o fato dos √≠ndios andarem nus, enquanto os ind√≠genas tamb√©m estranharam as vestimentas, barbas e as caravelas dos portugueses.
No dia 26 de abril, foi celebrada a primeira missa no Brasil, rezada pelo Frei Henrique de Coimbra. Ap√≥s a missa, a esquadra rumou em dire√ß√£o as √ćndias, em busca das especiarias. Como acreditavam que a terra descoberta se tratava de uma ilha, a nomearam de Ilha de Vera Cruz (primeiro nome do Brasil).
Polêmica: Descobrimento ou chegada?
Quando usamos o termo “Descobrimento do Brasil” parece que nossa terra n√£o era habitada e os portugueses foram os primeiros a encontra-la. Desta forma, desconsideramos a presen√ßa de mais de cinco milh√Ķes de ind√≠genas, divididos em v√°rias na√ß√Ķes, que j√° habitavam o Brasil muito tempo antes da chegada dos portugueses. 
Portanto, muitos historiadores preferem falar em “Chegada dos Portugueses ao Brasil”. Desta forma √© valorizada a presen√ßa dos nativos brasileiros no territ√≥rio. Diante deste contexto, podemos afirmar que os portugueses descobriram o Brasil para os europeus. 
Principal fonte hist√≥rica 
A principal fonte hist√≥rica sobre o Descobrimento do Brasil √© um documento redigido por Pero Vaz de Caminha, o escriv√£o da esquadra de Cabral. A "Carta de Pero Vaz de Caminha" a D. Manuel I, rei de Portugal, conta com detalhes aspectos da viagem, a chegada ao litoral brasileiro, os √≠ndios que habitavam na regi√£o e os primeiros contatos entre os portugueses e os nativos. 


Visitem nossa loja.. veja nossos NOIVINHOS Infantis coração e todos os nossos produtos!

Vem comentar e marque Notifique-me:

0 comments:

Vem comentar e marque Para receber notifica√ß√Ķes, ficarei muito feliz!