Outubro é o mês Rosa - A mulher sempre foi importante na Biblia AT. Para se cuidar é preciso se amar!

Fale comigo para sua encomenda de festas Canal Telegram Curso onlineTelegram grupos Grupo facebook Fale comigo para dúvidas sobre cursos Grupo Boneca de pano

Assim como Dizia a belas palavras do Rei Davi

Por fora, as mulheres da Torá (5 primeiros livros da biblia) parecem desempenhar apenas um papel coadjuvante num drama dominado pelos homens. Vista de dentro, emerge uma história de homens manipulados por mulheres potentes e criados com valores femininos. Uma história que revela a qualidade interior da feminilidade que transcende a mente do homem. Este é o segredo das palavras da sabedoria de Shelomô HaMelech, Rei Salomão: "Uma mulher de valor é a coroa do seu marido." Assim como a coroa fica acima e além da cabeça. também a luz interior da feminilidade possui uma qualidade essencial, num local que a mente não pode atingir.

Hoje falaremos de mulheres Eva (Chava), Sara (Sara) e Rebeca (Rivka) que mudaram a história das mulheres judaico/Israelense

Menu






Ruth

"Aonde tu fores, eu irei. Onde habitares, eu habitarei. Teu povo é meu povo e teu D'us é meu D'us." (Ruth 1:16)

Ela era casada com o hebreu Malom e se dava muito bem com a sogra, Noemi. Quando ficou viúva, se apegou muito à sogra, a ponto de acompanhá-la até Belém. Lá, se casou com Boaz e reconstruiu a própria vida.

Principais virtudes

A amizade, a fidelidade, a dedicação e o desprendimento. Fez um dos mais lindos votos de amizade à sogra. “Onde quer que pousares, ali pousarei eu. O teu povo é o meu povo, o teu Deus é o meu Deus” (Rute 1:16).

Características

Amiga: Tratava bem a todos e era muito carinhosa.

Responsável: Trabalhava em campos de cevada e nunca reclamava do trabalho, fazendo o melhor.

Confiável: Procurava ser honesta e íntegra nos afazeres diários. Tinha uma boa reputação e chamava a atenção dos chefes por isso.

Seja como Rute

Ela era uma mulher muito doce e competente. Para agir como Rute, seja íntegra em tudo que fizer: trabalho, casamento e família.

  • Volte ao menu!
  • Batsheva

    Existem almas que viajam numa estrada de veludo durante toda a vida, encontrando seu parceiro e seu lar em seu destino, como se tudo ocorresse segundo um roteiro cósmico ordenado.

    Outros viajam por um labirinto de passagens obscuras, batendo a cabeça contra as paredes em repetidos erros, às vezes conseguindo abrir uma ou outra passagem secreta rumo ao desconhecido.

    Seja como Batsheva

    Segundo a antiga sabedoria, este é o único caminho no qual as almas mais elevadas podem ser espremidas em nosso mundo estreitamente atado, onde as forças das trevas detém tanta influência. E foi assim que da união de Batsheva e David, uma união forjada no escândalo e na desgraça, um filho, Shelomô, nasceu, para construir o Templo, um portal para a Luz Infinita em Jerusalém.

  • Volte ao menu!
  • Esther

    "Então vou procurar o rei, contrariando o protocolo. E se eu perecer, perecerei." (Esther, 4:16)

    Uma mulher de segredos, de mistérios, ocultando sua verdadeira identidade sob muitas vestes – até que chegou a hora. Uma mulher como a estrela matutina – naquele local impossível onde a noite se torna tão escura que somente lhe resta revelar a alvorada.

    Ela foi alguém que ousou penetrar na câmara mais recôndita do mal, elevando Haman, seu príncipe, ao pináculo da glória – somente para que ele pudesse fabricar sua própria queda.

    Quando ela arrancou a máscara e sua luz interior resplandeceu, a fachada da intriga palaciana de sorte e coincidência abriu-se como uma cortina, revelando maravilhas e milagres nos bastidores. Dessa maneira, Esther contém a redenção definitiva, pois ela uniu o milagre ao mundano, ela descobriu a luz ilimitada dentro de uma nuvem escura.

    Foi a rainha mais importante que Israel já teve. Judia e órfã, ela foi criada por um parente. Quando se casou com o rei Assuero, Ester fez de tudo pelo povo judeu. Tem um livro da Bíblia só dela.

    Principais virtudes

    Ester descobriu um plano para exterminar todos os judeus. Ela se preparou espiritualmente com um jejum de três dias e orações. Ao final do período, Ester revelou ao rei que era judia e conseguiu salvar o povo.

    Características

    Sábia: diante de uma situação difícil ela não se desesperava: buscava soluções em Deus para tomar decisões.

    Destemida: não ficou com medo de agir para salvar os judeus. Era ousada e inteligente, e tinha uma fé admirável.

    Humilde: em vez de se mostrar a dona da razão, ela procurava respeitar a opinião dos outros.

    Seja como Ester

    Não aja por impulso, procure sempre orar antes de tomar as suas decisões. Ester também era muito atenciosa.

  • Volte ao menu!
  • Débora

    Apesar de terem vivido em um tempo distante, as mulheres da Torá e do Tanach têm ensinamentos para os dias de hoje.

    Era uma dona-de-casa comum, mas foi escolhida para ser juíza. Foi a única mulher das escrituras sagradas a ocupar um cargo político com excelência. Ela se definia como "mãe de Israel” e fazia de tudo para o bem da nação (Juízes 4:4-16).

    Principais virtudes

    Débora era bastante virtuosa: mãe de família, profeta, temente a Deus e líder militar. Traçou estratégias de batalha e conquistou muitas vitórias para Israel na época dos juízes. Foi a libertadora do povo hebreu em tempos de guerra contra os cananeus.

    Características

    Líder: ela não se intimidou por ser mulher e ganhou o respeito dos líderes de Israel.

    Estrategista: Débora sempre buscava maneiras de combater os inimigos buscando inspiração junto ao Senhor e, por isso, tinha êxito em tudo que fazia.

    Conselheira: era preocupada com as pessoas e sempre dava conselhos, discutindo e sugerindo soluções para quem estava com problemas.

    Seja como Débora

    Ela é a prova de que uma mulher pode ser profissional e dona-de-casa ao mesmo tempo. Para imitá-la, procure ser atenciosa e justa. Administre bem o seu tempo e não tome decisões sem antes planejar tudo direitinho.

  • Volte ao menu!
  • Sara

    Esposa de Abraão, o primeiro dos patriarcas bíblicos. Deus prometeu a Abraão um filho que daria origem a todo o povo de Israel. Sara foi a mulher escolhida para dar à luz essa criança. Ela era chamada de “mãe de multidões” e vista como o modelo ideal de mulher casada.

    Principais virtudes

    Sara era estéril e mostrou ter muita fé quando não desistiu de ter o filho que o Senhor lhe prometeu. Ela perseverou na crença e, aos 90 anos, deu à luz Isaque, que era o herdeiro da promessa feita a Abraão. Por isso, ela é a única mulher mencionada entre os heróis da fépessoas que exercem influência até hoje, como Moisés e Davi.

    Características

    Dedicada: o filho e o marido dela podiam sempre contar com ela. Ela estava ao lado deles em qualquer situação. Acompanhava Abraão em todas as viagens.

    Fiel a Deus: Sara não desistia fácil das promessas de Deus e procurava fazer as vontades dele.

    Alegre: ela recebia as pessoas em casa com felicidade e as servia com prazer.

    Seja como Sara

    Não desista nunca dos seus sonhos. Seja confiante em Deus e nas promessas dEle. Coloque sua família em primeiro lugar, seja companheira e procure ter os mesmos objetivos que o seu marido.

    Espero que tenham gostado da leitura,




    A lei da arte,é a expressão do belo!

    Postagens

    Trabalhos

    Trabalhos - Faça seu orçamento

    Se você não tem blog e quer comentar. Você pode cometar a abaixo em:
    Comentar como: -> Escolher URL -> Digitar seu nome -> E em URL colocar http:/#
    (Selecione a caixa "Notifique-me ou Publicar também no Facebook")